Receitas Camil para celebrar as festas de fim de ano com muito sabor



Nhoque de grão-de-bico



Rendimento: 2 porções
Tempo de geladeira: 1 hora
Tempo de preparo: 2 horas
Tempo total: 3 horas

Ingredientes:

Molho de tomate
1 colher (sopa) de azeite
1 cebola pequena picada
1 dente de alho picado
10 tomates médios maduros sem pele e sem sementes
folhas de manjericão a gosto
sal e pimenta-do-reino a gosto

Nhoque
2 embalagens de Grão-de-Bico Pronto Camil
1 ovo
1 colher (sopa) de azeite de oliva
meia xícara (chá) de farinha de trigo




Modo de Preparo:
Molho de tomate
1.    Em uma panela em fogo médio, aqueça o azeite e refogue a cebola e o alho até murchar.
2.    Acrescente os tomates e cozinhe até o molho apurar.
3.    Junte o manjericão e tempere com sal e pimenta-do-reino. Reserve.

Nhoque
4.    Em uma travessa, escorra o Grão-de-Bico Pronto Camil e retire toda a pele dos grãos.
5.    Em um processador, processe aos poucos o Grão de Bico Pronto Camil até formar uma pasta. Coloque em uma tigela, cubra com filme plástico e leve à geladeira por 1 hora.
6.    Em seguida, acrescente o ovo, o azeite e a farinha e misture bem.
7.    Em uma superfície enfarinhada, faça cordões com a massa e corte-os em pedaços com cerca de 3 cm.
8.    Cozinhe os nhoques em água fervente temperada com sal. Quando os pedaços de nhoque forem subindo à superfície, retire-os com uma escumadeira e coloque-os em um refratário untado com azeite. Repita o processo até terminar a massa.
9.    Coloque em uma travessa e cubra com o molho de tomate aquecido. Sirva em seguida.


Arroz à grega com tender


Rendimento: 8 porções
Tempo de preparo: 30 minutos

Ingredientes:
Arroz
1 colher (sopa) óleo
1 dente de alho picado
3 xícaras (chá) de arroz Camil
6 xícaras (chá) de água fervente
2 colheres (chá) de sal

Refogado
2 colheres (sopa) de azeite de oliva
1 cebola média picada
1 cenoura pequena cortada em cubos pequenos
1 pimentão vermelho cortado em cubos pequenos
1 pimentão amarelo cortado em cubos pequenos
1 pimentão verde cortado em cubos pequenos
2 xícaras (chá) de tender cozido e cortado em cubos pequenos  
Meia xícara (chá) de uvas passas pretas sem sementes
Meia xícara (chá) de uvas passas brancas sem sementes

Modo de Preparo:
Arroz
1.    Em uma panela, aqueça em fogo médio o azeite e refogue o alho. Junte o arroz Camil e refogue por alguns minutos. Acrescente a água e o sal.
2.    Tampe parcialmente a panela e cozinhe por 10 a 15 minutos ou até o liquido secar e os grãos ficarem cozidos.
3.    Desligue o fogo, tampe a panela e reserve.

Refogado
4.    Em uma panela, aqueça em fogo médio o azeite e refogue a cebola e a cenoura até ficar macia.
5.    Junte os pimentões e o tender, refogue por mais alguns minutos.
6.    Acrescente o Arroz Camil cozido e as uvas passas, misture bem e sirva em seguida.

Arroz com lentilha e cebola dourada




Rendimento: 4 porções
Tempo de preparo: 1 hora


Ingredientes:
Cebola
meio litro de óleo
2 cebolas grandes cortadas em rodelas finas

Arroz
1 colher (sopa) de óleo
1 cebola pequena picada
1 xícara (chá) de Arroz Reserva Especial Camil
meia xícara (chá) de Lentilha Camil
2 xícaras e meia (chá) de água fervente
1 colher (chá) de sal
1 colher (sopa) de manteiga


Modo de preparo:
Cebola
1.    Em uma panela, aqueça em fogo baixo o óleo e adicione a cebola. Frite lentamente até ficar dourada, mexendo as vezes, para que não queimem.
2.    Escorra em papel toalha e reserve.

Arroz
3.         Em uma panela, em fogo médio aqueça o óleo e refogue a cebola. Junte o Arroz Reserva Especial Camil e refogue.
4.    Adicione a Lentilha Camil e a água fervente, tempere com sal e cozinhe com a panela parcialmente tampada por 15 a 20 minutos ou até secar o líquido e o arroz estar cozido.
5.    Retire do fogo e acrescente a manteiga, misture bem e Reserve.

Montagem
6.    Coloque o arroz com lentilha em uma travessa e distribua sobre ele a cebola dourada. Sirva em seguida.




Dica
Para a cebola ficar dourada e crocante é importante cobri-la com óleo e fritar no fogo bem baixo, para ela ir dourando aos poucos sem queimar. Importante tirar a cebola do óleo um tom mais claro do que se deseja, pois mesmo fora do fogo ela irá escurecer mais um pouco. Experimente usar a Lentilha Pronta Camil no preparo desta receita. Abra a embalagem, escorra o líquido e adicione ao arroz cozido.



Salpicão de feijão bolinha



Rendimento: 8 porções
Tempo de preparo: 1 hora e 30 minutos
Tempo de geladeira: 2 horas
Tempo de total: 3 horas e 30 minutos

Ingredientes:

Feijão
1 xícara (chá) de feijão bolinha Camil
5 xícaras (chá) de água

Salpicão
1 cenoura média ralada no ralo grosso
1 xícara (chá) de uvas passas pretas sem sementes
1 peito de frango médio cozido e desfiado
1 xícara e meia (chá) de maçã cortada em cubos pequenos
meia xícara (chá) de salsão picado
1 pimentão vermelho pequeno picado
1 pimentão verde pequeno picado 
3 colheres (sopa) de azeite
Suco de 1 limão médio
Sal e pimenta-do-reino a gosto
1 e meia xícara (chá) de maionese

Modo de Preparo:
Feijão               
1.         Em uma panela de pressão, coloque o Feijão Bolinha Camil e a água. Tampe a panela e cozinhe por 20 minutos contados a partir do início da pressão.
2.         Desligue o fogo e aguarde sair toda a pressão antes de abrir a panela. Escorra o caldo do feijão e reserve os grãos.

Salpicão
3.         Em uma tigela, misture os grãos cozidos do feijão bolinha Camil, a cenoura, as uvas passas, o frango, a maçã, o salsão e os pimentões.
4.         Tempere com azeite, o suco de limão, o sal e a pimenta-do-reino.
5.        Acrescente a maionese e misture bem. Leve à geladeira por 2 horas ou até o momento de servir.
   

Acompanhe a Camil nas redes sociais:


Sobre a Camil Alimentos:
Uma das maiores empresas de alimentos da América Latina, a Camil iniciou sua trajetória no mercado nacional em 1963. Atualmente, conta com portfólio de marcas top of mind em seus segmentos no Brasil e em outros quatro países da América do Sul. São elas: Camil, Coqueiro, União (Brasil), Saman (Uruguai), Tucapel (Chile), Costeño (Peru) e La Loma (Argentina). Com uma equipe de aproximadamente 6.500 colaboradores nos países em que atua, o grupo conta com 34 unidades e exporta para mais de 50 países.

Pêras ao vinho


Quando pequena sempre via minha avó fazer pêras ao vinho, só que ela fazia com aquelas pêras maiores e mais dura.  Acredito que seja a pêra portuguesa, como é conhecida aqui no interior e ela sempre fazia para o natal, mas as crianças nunca podiam comer.
Ah...que saudades! Pensando nisso resolvi fazer a minha versão das pêras no vinho.
A base é a mesma, só  mudei ou melhor aumentei as especiarias. 
Minha avó servia com creme de leite mesmo (lembro-me como se fosse hoje, só comi uma vez, quando fiz 17 anos e logo depois ela se foi).


Simbora pra receita??? 

Eu utilizei as pêras  Ercolini (Chilena).

Ingredientes :

1 kg de pêras  Ercolini
1 garrafa de vinho tinto suave (use a marca de sua preferência)
2 xícaras de (chá) de açúcar 
5 bagas de cardamomo (só as sementes levemente trituradas)
5 cravos de Índia
2 paus de canela
1 fava de bauninha (as sementes eu utilizei em outra preparação, é só a vagem da baunilha)se não tiver a fava, aconselho utilizar a baunilha da Cêpera. 

Modo de preparo :

Coloque uma vasilha com água e limão, grande o suficiente para caber as pêras submersas nessa água enquanto você descasca.
Com um descascador de legumes, vá tirando o mínimo possível da pele das pêras e vá colocando as mesmas nessa água. ( assim elas não escurecem).

Em uma panela grande, coloque o vinho, açúcar e todas as especiarias.
Leve ao fogo alto e deixe ferver por 5 minutos para que o açúcar desmanche totalmente.
Abaixe o fogo e coloque as pêras. 
Aqui aconselho você  a utilizar a menor chama que seu fogão tiver.
Deixe cozinhar lentamente por 1 hora
Desligue o fogo, deixe de um dia para o outro dentro da panela, para que pegue a cor e o gosto do vinho.
No dia seguinte,  volte ao fogo baixo e deixe cozinhar até estarem macias.
Retire as pêras e deixe a calda reduzir para 1/3 até  engrossar.

Sirva com cream cheese ou chantilly  ou ainda com sorvete, que nesse calor vai muito bem.
Espero que gostem.

Risoto de Pêra caramelada no mel de pimenta com nozes, queijo de cabra e Crema de Aceto Balsamico di Modena





Risoto é uma prato tão versátil que nos permite variar de formas diversas.
Hoje trago um risoto de pera portuguesa caramelada no mel de pimenta com noves e queijo de cabra.

Bora pra receita?

Para 2 pessoas:

1 xícara de arroz arbóreo ( Riso arborio Paganini )
1 pêra portuguesa
1 litro de caldo de legumes
80 g de manteiga + 1 colher para caramelar a pera
1 cebola média picadinha]1 colher de café de pimenta dedo de moça bem picadinha
2 colheres de sopa de mel de pimenta mbee Mel Gurmet
100 g de queijo de cabra ralado
80 ml de vinho branco
5 nozes grosseiramente picadas
2 colheres de Crema de Aceto Balsâmico di Modena Paganini
Pimenta rosa para decorar (opcional)


Modo de preparo:
Mantenha o caldo sempre quente

Todas as tigelinhas aqui utilizadas são da Evo Produtos Sustentáveis


Misture 2 colheres de sopa de Crema di Aceto Balsamico di Modena com 1 colher de sopa de mel de pimenta Mbee


Descasque a pera portuguesa e corte em cubos, deixe-a na água com limão para que não escureça:

Em uma frigideira antiaderente coloque 1 colher de manteiga e assim que derreter, acrescente a pera cortada e bem escorrida:


Adicione 1 colher de sopa de mel de pimenta malagueta Mbee Mel Gourmet:


                                     
Assim que começar a caramelar apague o fogo:


Coloque sobre uma peneira para escorrer:


Agora vamos ao risoto:

Em uma panela de fundo grosso, coloque a manteiga e a cebola:

Assim que a cebola ficar transparente, o arroz arbóreo Paganini acrescente 80 ml de vinho branco:

Assim que começar a secar, comece colocar o caldo de legumes:

Em média utilizamos 5 a 6 conchas de caldo, sempre colocando uma por vez, cada vez que começar a secar:



Experimente o grão de arroz, ele deve estar cozido, mas com uma leve resistência no meio, adicione a manteiga, a pimenta dedo de moça e o queijo de cabra ralado:

Mexa bem por 2 minutos,  vai deixar o  risoto mais cremoso, adicione as peras, deixe alguns cubinhos para decorar e coloque as nozes.
Acerte o sal
Coloque 1 colher do Crema di Balsâmico com mel no prato
Siva imediatamente, pois o risoto não espera.
Bom apetite

Gelado de Abacaxi


É verão, bom sinal, já é tempo de comer coisas geladas !!!

Confesso que não sou fã de abacaxi, gosto do suco, mas como sempre, quando meu marido viaja e fico sem ter o que fazer vou para a cozinha inventar moda..
E adorei o resultado.

Bora pra receita?

Para o abacaxi:
3 xícaras de abacaxi picado
1/2 xícara de chá de açúcar
1/2 xícara de chá de água
1 colher de chá de gelatina incolor

Coloque em uma panela de fundo grosso e deixe ferver em fogo baixo por 20 minutos.

Para o Creme:
1 lata ou caixinha de leite condensado
1 gema
1 colher de margarina
1/2 fava de baunilha (somente as sementinhas) se for utilizar o extrato de baunilha coloque 1 colher de chá, mas coloque apenas depois de desligar o creme.
1 colher de chá de gelatina incolor + 1/2 xícara do caldo de cozimento do abacaxi
1 xícara de creme de leite batido em ponto de chantili



Leve ao fogo médio sempre mexendo, até começar a ferver.


Desligue e deixe esfriar.

Voltando ao abacaxi, depois que ele cozinhou os 20 minutos, escorra o abacaxi e reserve 1/2 xícara do líquido que ficou na panela. Reserve alguns pedaços de abacaxi para decorar.


Adicione 1 colher de chá de gelatina sem sabor mexa bem (com o líquido ainda quente, mas não fervendo) na 1/2 xícara do caldo separado e deixe hidratar. Misture com o abacaxi reservado e coloque em um refratário.
Leve ao freezer por 15 minutos






Depois que o creme esfriou totalmente, adicione  a gelatina hidratada no caldo do abacaxi restante e  o chantili, aos poucos.




Delicadamente.
Cubra o abacaxi com a gelatina que já deve estar firme com o creme.







Decore á gosto, fiz pitangas e coloquei uns pedacinhos de abacaxi que separei como pedi no inicio da receita. Folhinhas de hortelã e a própria folha do abacaxi.
Se gostar pode polvilhar com coco.




Qualquer dúvida gente, é só perguntar!





Ameixas negras em infusão de mel e flores de hibiscos


Uma coisa tão simples com um sabor refinado.
É assim que posso descrever.
Essa receita além de simples é muito versátil, pois transforma-se de sobremesa para um café da manhã.

Bora pra receita?

Ingredientes:

5 ameixas negras cortadas ao meio sem caroço
1 rama de canela
4-5 cravos da índia
3 colheres (sopa) de Mel Mbee  Natural
3 flores secas de hibisco
 1/4 de xícara de água

Para acompanhar: iogurte grego, creme de ricota ou chantily

Modo de preparo:

Coloque o Mel  Mbee Natural, as flores de hibisco, a canela e os cravos da índia em uma panela antiaderente.


Acomode as ameixas já higienizadas viradas como na foto:

Coloque a água e deixe ferver em fogo baixo por 15 minutos.
Se engrossar de mais a calda, vá acrescentando mais água, mas vá devagar, de colher em colher.
Eu precisei utilizar colocar 3 colheres de água, pois a chama do meu fogão mesmo no fogo mínimo é muito alta.

Transfira para um recipiente e guarde na geladeira.


Mantecal - O tradicional biscoitinho da Minha Avó


Ontem fui limpar a edícula da minha mãe e vi essa bandeja com esse jogo de café, imediatamente me veio a mente os biscoitinhos que minha falecida avó Palmira fazia. Depois da limpeza, eu e minha mãe procuramos a receita entre vários cadernos de receitas que eu tenho e que era dela também até achar a receita do mantecal da Vovó Palmira, esse jogo juntamente com a bandeja foi um presente do meu falecido pai para ela, então foram lembranças duplas. Mas lembranças boas...

Mas, deixemos minha saudade de lado e......
Bora pra receita?


Ingredientes:

500 g de farinha de trigo
250 g de açúcar refinado
250 g de gordura hidrogenada
pedacinhos de goiabada Predilecta

Sei que tem gente que torceu o nariz para a gordura hidrogenada, mas essa receita tem no mínimo 30 anos, era da minha avó e eu fiz do jeito dela.








Misture a gordura com o açúcar até estar bem misturado, aos poucos vá acrescentando o trigo na tigela, até você sentir que a massa precisa ser trabalhada mais.

 Coloque sobre uma bancada ou pia higienizada e vá juntando toda a masa, quando estiver bem unida, vamos começar a fazer as bolinhas.
Uma boa dica é utilizar a colher de sopa medida padrão para pegar a massa, assim todas as bolinhas sairão do mesmo tamanho.
Pegue uma colher da massa, aperte a massa umas 4 a 5 vezes na mão e faça a bolinha, faça isso com toda a massa, colocando as bolinhas em uma forma com papel manteiga.
Achate levemente a bolinha e com a ajuda do cabo de uma colher de pau faça um buraquinho no meio do mantecal, aqui eu utilizei o cabo do meu pegador de mel, mas minha avó utilizava o cabo de colher de pau, lembro-me muito bem disso.

Corte pedacinhos de goiabada PREDILECTA e coloque nos buraquinhos do mantecal.
Hoje em dia as pessoas variam bastante, colocam geleia, doce de leite, mas o tradicional é esse, fique a vontade para alterar o seu.

Leve em forno pré aquecido por 180º por aproximadamente 25 minutos, mas para saber se ele está bom mesmo, é melhor você olhar o fundo dele, deve estar dourado, quase levemente marrom.

Logicamente que o mantecal sempre acompanhou o cafezinho feito no coador de pano.

Ahhh, que saudades daquele tempo.
Espero que gostem, até a próxima.

Assa-Fétida você conhece?

Clique na imagem para ampliar:


Berinjela á parmegiana com molho bolonhesa sem fritura


Essa é a versão com carne da berinjela á parmegiana sem fritura.
A única gordura que tem nessa receita é a gordura do queijo, eu utilizei mussarela light


Ingredientes:
1 xícara de molho de tomates Tradicional da Predilecta
3 berinjelas grandes (aproximadamente 1.300 kgs )
500 grs de carne moída ( utilizei patinho)
500 grs de mussarela light
6 tomates maduros sem pele e sem sementes em cubinhos (veja como fazer no final da receita)
1 cebola média picana em cubinhos
1 colher de chá de alho granulado da Sayonara Temperos
2 colheres de sopa de molho de alho com pimenta da Sayonara Temperos
1/4 de colher de (café) de cominho moído da Sayonara Temepros
1 colher de chá de orégano da Sayonara Temperos
pimenta calabresa á gosto da Sayonara Temperos ( utilizei 1 colher de café)
2 colheres de molho para carnes da Sayonara Temperos
1 colher de sopa rasa de tempero completo da Sayonara Temperos
1/2 xícara de chá de água
1 xícara de parmesão ralado




Tigelas da Linha Evo  


Modo de preparo do molho:
Em uma panela de fundo grosso adicione a carne sem nenhum tipo de óleo ou azeite, não mexa por 5 minutos, passado esse tempo pode mexer , assim que a carne dourar abra um espaço no meio da carne e adicione as cebolas picadas:



refogue a carne com a cebola por 3 minutos e adicione os tomates e todos os temperos da Sayonara:


Mexa bem , raspando o fundo da panela para tirar aquela crostinha de carne que ficou ao dourar e deixe o tomate amolecer, adicione o Molho de tomate tradicional da PREDILECTA, adicone a 1/2 xícara de água e deixe cozinhar por 15 minutos em fogo baixo.
O molho deve ficar grosso quase sem líquidos pois a berinjela solta muita água.


Modo de preparo das Berinjelas:

Corte-as em fatias de aproximadamente 1 cm de espessura e mergulhe em uma tijela com 1 colher de sal e 1 colher de azeite, deixando descansar nessa mistura por 10 minutos.


Em uma grelha ou frigideira anti aderente toste as berinjelas, apenas retire-as da água com azeite e sal e leve para grelhar.



Para a montagem:

Coloque 1 concha do molho em um refratário e faça camadas de molho, berinjela e mussarela, sempre repetindo, termine com o parmesão ralado



Leve ao forno pré aquecido a 200º por 30 minutos, se desejar decore com tomatinhos e mais orégano como fiz.


Como retirar a pele dos tomates:

Faça uma cruz leve na pele do tomate como na foto:

Coloque em água fervente por 1 minuto assim que começar a soltar a pele jogue os tomates em água gela com pedras de gelo:

A pele sai todinha, bastando puxar....





 
.
© 2015 COZINHA SIMPLES DA DEIA - Todos os direitos reservados.
Criado por: DESIGNING DREAMS