Pennine ao pesto Alla Genovese




Que tal um almoço que fica pronto em 10 minutos?


Ingredientes:

Parmesão á gosto para finalizar
Folhas de manjericão para decorar (opcional)
Modo de preparo:  

Cozinhe a massa conforme instrução da embalagem
Escorra a massa 
Misture o conteúdo do vidro á massa, rale parmesão á gosto e está pronto para servir.


Panna cotta de Mel e calda de damasco









Ingredientes:

2 colheres (chá) de gelatina em pó (10 ml) ou 4 folhas de 2 g imersas em água fria.
1 ½ xícara (chá) de leite (375 ml)
1 ½ xícara (chá) de creme de leite com 35% de gordura (375 ml)
½ vagem de baunilha com sementes à parte
½ xícara (chá) de mel (125 ml) da Mbee Mel Gourmet

Para a calda:
3 colheres cheias de geleia de damasco
3 colheres de água

Physalis para decorar (opcional)
Modo de preparo

Panna cotta:

Hidrate  a gelatina em pó em um quarto de xícara (60 mililitro) de água fria.
Deixe descansar por três minutos.


Coloque o leite e o creme de leite em uma panela.
Adicione a vagem e as sementes de baunilha, 

Adicione o mel



Deixe ferver lentamente em fogo brando até levantar fervura, desligue o fogo. Deixe esfriar por 5 minutos.


Acrescente a gelatina derretida no microondas por 10 a 15 segundos e mexa até estar completamente dissolvida.

Coe com uma peneira fina e divida em quatro copos.

Leve à geladeira e deixe descansar por pelo menos quatro horas.

Para a calda, levar a geleia e a água em uma panela ao fogo mexendo com um batedor até estar desmanchada, espere enfriar e coloque 1 colher de chá sobre cada copo.

17 DE AGOSTO: DIA DO PÃO DE QUEIJO-Forno de Minas comemora Dia do Pão de Queijo nas ruas de SP, MG, RJ e Curitiba





17 DE AGOSTO: DIA DO PÃO DE QUEIJO
Forno de Minas comemora Dia do Pão de Queijo nas ruas de SP, MG, RJ e Curitiba

Que o pão de queijo virou paixão nacional – e por quê não internacional? – já não é novidade pra ninguém. E, para comemorar o dia dessa iguaria mineira – sim, ele é tão querido que ganhou uma data só pra ele – 17 de agosto*, a Forno de Minas vai realizar uma ação nas ruas em Belo Horizonte, São Paulo, Rio de Janeiro e Curitiba. Quem sair de casa no período da manhã – entre 7 e 11h00, poderá encontrar um casal, devidamente caracterizado  com doma, mestre cuca e avental, distribuindo um saquinho com pão de queijo. A distribuição ocorrerá nos principais pontos da zona sul dessas capitais e ter por objetivo distribuir pães de queijo em troca de sorrisos, com o mote: “Todo dia vale lembrar, um pão de queijo faz sorrir”.
“Apesar de já contarmos com vários produtos em nosso portfólio, o pão de queijo continua sendo o carro-chefe. E nada melhor que comemorar o dia dele degustando a marca que é a preferida e líder de mercado no Brasil”, afirma o presidente da Forno de Minas, Helder Mendonça.
A ação ainda vai se estender às instituições de caridade. Em cada cidade onde ela ocorrerá, uma instituição será beneficiada com a doação de pão de queijo e de um café da tarde, preparado com receitas variadas dessa iguaria, como fornoiche, canapés, sanduichinho e petisco. “Esperamos distribuir muitos pães de queijos e sorrisos, e, principalmente, lembrar as pessoas que todo dia é dia de pão de queijo Forno de Minas”, finaliza o presidente.
A data também será repercutida nas mídias sociais da Forno de Minas, como facebook (https://www.facebook.com/fornodeminas) e  Instagram (@fornodeminas_oficial).

Iguaria tipicamente mineira ganha adeptos no mundo inteiro
Indicado para todas as ocasiões de consumo, como café da manhã, lanche, coquetéis e, claro, na hora de receber os amigos, o pão de queijo ultrapassou as montanhas de Minas, conquistou os brasileiros e já ganha adeptos em vários países do mundo. E não poderia ser diferente. Quem resiste ao cheiro de pão de queijo, saindo do forno, com um café quentinho? E não precisa ser só com o café não. O produto é uma ótima combinação com sucos, chás, refrigerantes e, por que não, até com um bom vinho ou uma cervejinha!? Sem contar as diversas opções de recheios doces e salgados, como geleia, requeijão, lombo assado, frios etc.
Ninguém sabe ao certo quando o pão de queijo surgiu. Especula-se que a receita tenha sido criada por volta do século do XVIII, em Minas Gerais, mas só se tornou popular na década de 1950. Outros dizem que o produto existia desde a época da escravidão. Independentemente de sua origem, o que ninguém discorda é que a mistura de queijo, polvilho, leite, ovos, sal e manteiga, criada nas fazendas mineiras, quando todos se reuniam para fazer quitutes, se tornou um hábito de consumo irresistível. “Era muito comum reunir toda a família na fazenda para preparar o pão de queijo. Os ingredientes eram bem selecionados, tínhamos todo um cuidado no modo de preparar e atenção especial no assamento, que, naquela época, era realizado no forno a lenha. Foi esse aprendizado que levei para a Forno de Minas”, lembra Dalva Mendonça, criadora da receita de pão do queijo preferida dos brasileiros.
Mas, como manter-se líder em um mercado tão competitivo? Dona Dalva, como é carinhosamente conhecida por todos, dá o segredo. “Receitas de pão queijo existem inúmeras. Dependendo da região que você está em Minas, a matéria prima utilizada pode variar. Mas, na minha opinião, o grande segredo é você ter uma receita que realize o desejo de seu consumidor. O cuidado em cada detalhe faz a diferença. Nós, por exemplo, desenvolvemos receitas diferentes dentro do mesmo produto, como o pão de queijo light e o pão de queijo gourmet, além dos diferentes tamanhos, como coqueteltradicionallanche, super lanche e big lanche, e o pão de queijo assado congelado, que pode ser preparado em cinco minutos, para quem não tem tempo de esperar 30 minutos para assar o tradicional. Sendo assim, faz a diferença num mercado competitivo como o nosso oferecer opções que agrade e atenda aos mais diversificados clientes, tendo como diferencial a qualidade”, afirma.
Sim, não tem como negar que é a qualidade que distingue um pão de queijo do outro. E isso é possível perceber já na primeira mordida. “É comum nos depararmos com pães de queijos duros, borrachudos e muitas vezes, até oco no meio. No pão de queijo feito com queijo de verdade e não com aroma, nada disso acontece. Ele é consistente, crocante por fora, tem uma massa firme, fica macio por dentro, além de ser muito saboroso”, explica Dona Dalva.
E não é que o pão de queijo tem conquistado o paladar de várias pessoas pelo mundo afora? A Forno de Minas mesmo já exporta o produto para os Estados Unidos, Canadá, Portugal, Inglaterra, Chile, Uruguai, Peru e Emirados Árabes. Outros mercados, como Holanda, Suíça, Escandinávia, França, Angola e Colômbia também estão na mira da empresa. “Não é fácil criar um novo hábito de consumo. Porém, quando quebramos a barreira e o consumidor experimenta o pão de queijo, a conquista é imediata. Acreditamos que o pão de queijo tem tudo para ser um produto global", completa o presidente da empresa, Helder Mendonça.
Outro ponto positivo do pão de queijo, que faz com que ele conquiste cada vez mais consumidores, é a questão da saudabilidade. “Além de saboroso, o pão de queijo é glúten free, não contém aditivos e é consumido assado”, finaliza Helder.

*Em 2007, Ana Maria Braga lançou um concurso de culinária para eleger o melhor pão de queijo do Brasil. Foram tantos inscritos com receitas das mais variadas que o dia da final do concurso, em 17 de agosto, foi eleito o Dia do Pão de Queijo.

Sobre a Forno de Minas
A Forno de Minas Alimentos S/A, tradicional indústria de alimentos congelados e líder de mercado na comercialização de pães de queijo no Brasil,nasceu do sucesso da receita caseira de pão de queijo da Dona Dalva. Fundada em 1990, gerida pela própria Dona Dalva, pelos filhos Hélida e Helder e pelo sócio Vicente Camiloti, é nacionalmente reconhecida pela qualidade, praticidade e tradição de seus produtos. Tem o pão de queijo preferido dos brasileiros e oferece soluções para todas as ocasiões de consumo, com um portfólio de mais de 20 produtos, que atendem tanto o varejo quanto o food service. Em 2009, foi readquirida pela família Mendonça, 10 anos depois de ficar sob controle de uma multinacional norte-americana.
A sede da empresa é em Contagem, região metropolitana de Belo Horizonte, e possui 24 mil m². A Forno de Minas também tem uma Indústria de Laticínios própria, que produz o queijo e outros produtos para a fábrica. Com mais de 800 colaboradores e seis filiais (Contagem, São Paulo capital, interior de São Paulo, Rio de Janeiro, Curitiba e Brasília), a empresa exporta pães de queijo para os Estados Unidos, Canadá, Portugal, Inglaterra, Chile, Uruguai, Peru e Emirados Árabes.

Pernil caipira com toque oriental e mel


Só posso dizer que ficou bom demais!

Para 3 pessoas.

Ingredientes:
700 g de pernil sem osso cortado em cubos médios
1/4 de xícara de molho shoyo
3 dentes de alho picadinho 
1 colher de café de gengibre ralado ou bem picadinho
1 colher de sopa cheia  de mel natura Mbee Mel Gourmet
pimenta do reino á gosto
sal para finalizar se necessário
2 colheres de óleo

água fervente o suficiente para cobrir o pernil

Acompanhamento (opcional)
2 cenoura cortadas em palitos
Bacon para enrolar


Modo de preparo:

Em uma tigela coloque os cubos de pernil e todos os demais ingredientes, (menos o óleo) misture bem e deixe marinar por no mínimo 1 hora (eu deixei de um dia para o outro na geladeira)

Em uma panela coloque o óleo e deixe esquentar bem coloque os cubos de pernil e aguarde 5 minutos


Despeje a marinada :


Mexa as vezes para que o pernil tome cor, e deixe até secar


Despeje a água fervente o suficiente para cobrir o pernil, abaixe o fogo, tampe e deixe cozinhar lentamente até quase secar. Ele estará macio e delicioso, acerte o sal somente no final se achar necessário.



Para acompanhar, escalde os palitos de cenoura por 3 minutos em água fervente com 1 colher de café de sal, enrole uns 6 palito em uma fatia de bacon e prenda com um palito

Frite em uma frigideira antiaderente até o bacon ficar dourado e crocante, sirva com o pernil



Conheça a Linha de Produtos Pão de Tapioca, sem glúten, sem lactose, sem açúcar e proteína do leite


Pão de Tapioca


Produtos sem glúten
Sem Lactose
Sem açúcar
Sem proteínas do leite


Com a PIZZATA, que é uma mistura para preparo de massa de pizza, você também poderá fazer pão árabe, panquecas ou wraps


Com a mistura para preparo da massa de Pão de Tapioca, você poderá fazer seus pães variando o sabor, colocando frutas, queijo, chocolate etc...
E o melhor de tudo é que você pode congelar.


Já a Xilitoca além de não conter os ítens acima citados, também não contém soja e nem gordura Trans.
É um biscoito de tapioca, leve e super crocante.

Beijinho de coco cremoso para comemorar o 14º aniversário do Supermercado DIA







Para comemorar o seu 14º aniversário, o DIA criou uma receita deliciosa e exclusiva feita com ingredientes de marca própria do DIA. O melhor disso tudo é que além de ser super fácil de fazer, ela sai por R$ 10,00. 

BEIJINHO DE COCO CREMOSO
DMaria Doceira com exclusividade para o DIA

Ingredientes: 

ü200g de coco ralado DIA
ü65g de creme culinário ou 20g de manteiga DIA
ü1 embalagem de leite condensado DIA
ü 1 gema de ovo ( sem a clara)
 
Modo de Preparo:
Misture todos os ingredientes DIA ( apenas 100g do coco ralado) na panela e coloque no fogo brando mexendo sem parar até o doce desprender da panela.  Coloque em uma vasilha untada e deixe esfriar por aproximadamente 6h. Enrole e passe no restante do coco ralado.

Tempo de Preparo:  10 minutos de preparo e 6 horas de descanso
Custo: R$10,00
Rendimento: 30 unidades



Salada de grãos de trigo



Ingredientes:
1 xícara de grãos de trigo PAZZE
Sal
1 xícara de cebola roxa finamente picada (1 cebola) utilizei a branca mesmo
6 colheres de sopa de azeite de oliva de boa qualidade, separadas
2 colheres de sopa de vinagre balsâmico
3 cebolinhas picadas, aproveitando as partes verde e branca
1/2 pimentão vermelho, cortado em cubos pequenos
1 cenoura, cortada em cubos pequenos
1/2 colher de chá de pimenta-do-reino moída na hora
Modo de preparo:


Coloque os grãos de trigo e 3 xícaras de água fervente com sal em uma panela e cozinhe, descoberto, em fogo baixo por aproximadamente 45 minutos, ou até que os grãos estejam macios. Escorra.

Refogue a cebola roxa em 2 colheres de sopa de azeite de oliva em fogo médio-baixo até ficar transparente, cerca de 5 minutos (pulei essa parte, gosto e sentir a cebola crocante), Desligue o fogo e adicione as 4 colheres de sopa (1/4 de xícara) de azeite de oliva restantes e o vinagre balsâmico.



Em uma tigela grande, misture os grãos de trigo quentes, as cebolas refogadas, cebolinha, pimentão vermelho, cenoura, 1/2 colher de chá de sal e pimenta. Deixe a salada descansar por pelo menos 30 minutos para que os grãos de trigo absorvam o molho. Tempere a gosto e sirva em temperatura ambiente.
 
.
© 2015 COZINHA SIMPLES DA DEIA - Todos os direitos reservados.
Criado por: DESIGNING DREAMS